Para instalar o gEDA, estando em qualquer GNU/Linux, é muito fácil. Basta utilizar a linha de comando ou o seu Front End gráfico de Instalação preferido, como o YumEx, no mundo RedHat, ou o Synaptic, no Debian e derivados, por exemplos. No caso do dos Front Ends gráficos, como o Synaptic, basta escolher os pacotes, por categoria ou por nome.

No Ubuntu e Congêneres

Em se preferindo instalar via linha de comando, neste grupo de distros, basta comandar, como ROOT ou com SUDO:

# apt-get -y install geda geda-examples geda-xgsch2pcb geda-doc geda-gsymcheck gerbv pcb pcb-common kicad ngspice ngspice-doc easyspice

Com esta instrução, o gEDA vai ser instalado e terá todas as suas dependências resolvidas. Alguns pacotes não necessitam ser declarados aqui, pois virão como parte da suíte.
Nesta página temos a versão PPA da instalação do KiCad no Ubuntu. Importante, para quem deseja instalar as versões “Bleed” do KiCad.

A tela a seguir mostra o uso do Synaptic com os pacotes a serem instalados; observe que se fez a filtragem pelo nome gEDA. A seguir, vemos tela do Synaptic com os pacotes prontos para instalar:

Tela Synaptic - gEDA

Instalando o gEDA no Raspberry

Apesar de se tratar de derivado do Debian, como, por exemplo, quando se instala nele o Raspbian, em se tratando de Raspy, a instalação é feita via CLI e tem suas especificidades, muito pela questão gráfica do SoC do Raspberry. Então, passaremos a descrever a instalação nesta interessante e espartana plataforma. Por precaução, faça antes uma atualização do Cache (# apt-get update | apt-get dist-upgrade).

Depois comande:
# apt-get -y install geda geda-examples geda-xgsch2pcb geda-doc geda-gsymcheck gerbv pcb pcb-common kicad kicad-common kicad-doc-en ngspice* easyspice*

O gEDA vai instalar as dependências específicas da plataforma. Para sua informação, instalei a suíte no meu Raspy (B) com o Raspbian como S. O.  e o utilizo sempre, no laboratório, para fazer circuitos e testar soluções, evitando o uso de protoboard, até onde possível. Até agora, o Raspy, mesmo desta geração, ou seja, já há modelos com mais recursos e mais memória, tem dado conta do recado.

No Fedora (via Yum[Ex], dnf)

A instalação no Fedora é ainda mais fácil, além de esta distribuição dispor de um Spin dedicado à eletrônica, o Eletronic Lab. O Spin é uma versão alternativa do Fedora, com pacotes para tarefas específicas, devidamente agrupadas, como eletrônica, auditoria, música etc. Para se instalar qualquer Spin, ou se o baixa via Torrent ou se comanda: dnf GroupInstall  <NomeDoGrupo>.

Como de praxe, ou se instala o gEDA a partir do YumEx, Front End gráfico yum, ou via dnf, ou se baixa o Spin Eletronic Lab (via Torrent). Como exemplo, para instalar todo o Grupo Electronic Lab, se comanda:

# dnf -y groupinstall 'Electronic Lab'¹

O Fedora mantém uma Lista de Software de Eletrônica na página do Spin. Bom para se ter uma ideia do que faz cada aplicativo. A lista é bem extensa e todos eles são instalados via Spin ou via comando, se desejado.
Para quem quiser instalar o KiCad “bleed” no Fedora, a exemplo do Ubuntu, acesse aqui.

Para quem quiser instalar o gEDA para Windows, o Delorie mantém uma página, onde, além de utilitários, footprints etc, existe um Port para este S. O. Instruções na página.

Para rodá-lo no MAC, temos esta página do gEDA Project.

¹ Se o seu Fedora é anterior ao 22, você deverá utilizar o comando yum, pois o dnf só será o comando substituto, com muito mais recursos (cheque aqui, os detalhes), a partir desta versão).

2 comentários sobre “Instalação do gEDA

Deixe um comentário, se desejado. Pode utilizar formatação HTML, idem.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s